O país aos poucos caminha para oferecer mais qualidade de vida ao brasileiro, implantando ciclovias, revigorando metrô, trem e ônibus, todos integrados entre si, mesmo assim, longe de oferecer transportes com conforto, rapidez, e pontualidade, por isso, vamos conhecer mais sobre a importância da mobilidade urbana pelo mundo.

O objetivo da mobilidade urbana é proporcionar a cada pessoa o direito de usufruir um transporte público de elevada qualidade, resumindo, transporte no horário, facilidade de acesso, uma quantidade suficiente de veículos onde todos os passageiros tenham opção de sentar, ambientes limpos e arejados, ar-condicionado e Wi-Fi.

Os corredores de ônibus deviam ser exclusivos em todas as vias, onde a velocidade “permitida” alcançada, beneficiaria cada cidadão que gastaria muito menos tempo no ir e vir, e certamente não haveria tanto desgaste nem físico nem emocional para quem passa horas dentro de um coletivo.

Quando o brasileiro tiver boa parte dessa ideia na prática, talvez, consiga utilizar somente o transporte público e deixar o carro em casa, mas, enquanto isso não acontece, podemos nos contentar e saber como está a mobilidade urbana pelo mundo.

Na Europa algumas cidades estão realizando melhorias na mobilidade urbana, como Helsinki, na Finlândia, e Barcelona, na Espanha.

A ideia é a criação do transporte sustentável que seriam mais eficientes, limpos, de preferência sem congestionamentos oferecendo mais segurança aos usuários, dessa maneira os níveis de poluição, assim, como também de trânsito deixariam de existir, e isto está fazendo a cabeça da população jovem deixar o carro de lado.

A mobilidade urbana pelo mundo acredita que em Helsinki, a população esteja preocupada na preservação do meio ambiente, por isso, adere a campanhas do tipo deixe seu carro em casa, mesmo assim, apostam que o sistema de qualidade estará 100% pronto somente daqui a 20 anos.

Talvez por isso, o carro deixe de ser sonho de consumo de seus moradores, visto que jornais locais já afirmam que o carro poderá tornar-se fora de uso, visto que haverá tanta mordomia nos transportes públicos que serão esquecidos.

Até mesmo um aplicativo especial está sendo desenvolvido para os moradores de Helsinki, onde todos os tipos de transportes públicos estarão online de modo que o usuário tenha acesso de imediato a horários, linhas disponíveis, rotas, e tudo estará sincronizado com trens, ônibus, táxis, bondes, inclusive com as possíveis trajetos para bicicletas.

O interessante é que as informações poderão ser compartilhadas entre usuários, e empresas, para a garantia da qualidade dos serviços oferecidos, até mesmo o pagamento poderá ser feito online.

Em Barcelona, na Espanha, a importância da mobilidade urbana é recriar espaços exclusivos para pedestres, graças a um projeto de lei que pretende construir lugares chamados de Superblocos, onde haverá somente pedestres sem o direito de entrar carros.

A ideia é que nesses locais haja uma elevada qualidade de vida assegurada para cada cidadão, inclusive com revitalização de espaços públicos integrados a áreas verdes, por isso mesmo, desde o começo do ano, Barcelona está sendo transformada para pedestres. Os chamados Superblocos podem ser comparados a bairros, só que bem menores, a prioridade será para quem estiver a pé ou de bicicleta, e dentro de cada bloco somente os moradores poderão trafegar de carro e ainda, em velocidades reduzidas.

Haverá trajetos que serão modificados, e nos locais onde o trânsito era pesado, serão transformados em espaços exclusivos para pedestres, e o objetivo principal de toda essa ação é reduzir em 60% o tráfego de carros em toda a cidade.

Já em Milão na Itália, a importância da mobilidade urbana está em reduzir drasticamente os níveis de poluição, por isso, está colocando em prática uma ideia inovadora que pode ser a solução para o sério problema que eles tem no momento.

O plano está sendo testado por meio de esquema piloto, e deve ser implantado em toda a cidade. Trata-se de incentivar o cidadão a ir de bicicleta para o trabalho, o interessante é que as pessoas que aderirem serão pagas por isso, ou seja, quem for trabalhar de bicicleta, além de ficar em forma, ainda vai receber uma grana extra, para isso, o governo já reservou cerca de € 35 milhões para planos de mobilidade sustentável.

Já pensou se isso acontece-se no Brasil e desse certo?

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contato Segurança *

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual ou certificado de garantia.

Publicações Recentes

Como viajar tranquilo nas férias

Fim de ano chegando e junto vem a lista dos presentes para a família, amigos, Ceia de Natal, então, finalmente o descanso tão esperado. Nada melhor que saber como viajar tranquilo nas férias para aproveitar cada momento, afinal passa muito rápido. Dezembro...

ler mais

O que é o IONITY?

O BMW Group, Daimler AG, Ford Motor Company e Volkswagen Group se uniram para o lançamento da IONITY. Um empreendimento para a implantação de uma rede de estações de carregamento de alta potência em vários países europeus. Em princípio, serão construidos cerca de 400...

ler mais

Por que a Mercedes-Benz do Brasil está comemorando

A Mercedes-Benz do Brasil atingiu a marca de produção de 3 milhões de motores para caminhões e ônibus, no acumulado desde 1956, quando foi pioneira na fabricação do primeiro propulsor a diesel nacional. O motor que simboliza esse marco é o pesado OM 457 LA. Fabricado...

ler mais